A Urticária é uma dermatose, ou seja, doença de pele, bem comum. Cerca de 20% da população pode  apresentar pelo menos um episódio agudo da doença em sua vida.   

São lesões na pele avermelhadas, coçam, possuem relevo, tamanho e formas variadas, tendem a ser circulares com o centro mais claro e as bordas elevadas e avermelhadas. A coceira pode ser tão intensa que impede o paciente de dormir. Em alguns casos, as manchas podem ser extensas e se aglutinarem, formando grandes placas por todo o corpo.    

Além disso, novas lesões vão surgindo ao longo do dia, enquanto as mais antigas vão desaparecendo, criando um padrão transitório e migratório. 
Cada lesão, individualmente, costuma desaparecer em no máximo 24 a 36 horas. As vezes, uma mesma lesão surge de manhã e pela noite, já desapareceu. O local do corpo mais acometido pode variar ao longo dos dias.   

Esta doença é multifatorial e as possíveis causas são numerosas, mas nem sempre conseguimos identificar o agende desencadeador do processo.    
As erupções podem ter duração curta e desaparecer em alguns dias (urticária aguda), ou podem persistir mesmo com tratamento (chamada de urticária crônica, quando passa de 06 semanas).   

Sempre busque orientação de um médico especialista em qualquer caso, para que haja orientação correta.