O transtorno de escoriação (ou "skin-picking") é uma condição psiquiátrica caracterizada pelo comportamento compulsivo e repetitivo de beliscar a pele.

Ele pode causar danos graves à pele e resultar na necessidade de vários tratamentos dermatológicos.

Os pacientes podem sentir muita ansiedade antes de arranhar, e alívio e gratificação depois. Muitos reconhecem o ato de arranhar como um meio de aliviar o estresse, a tensão e outros sentimentos negativos. Apesar do alívio sentido ao arranhar, eles frequentemente se sentem culpados ou constrangidos por esse comportamento.

Os locais mais comuns das escoriações são a face, as pernas, os braços, o tronco, as mãos, as cutículas e os dedos. Em casos graves, os arranhões na pele podem resultar em desfiguração física e consequências médicas que requerem intervenções clínicas ou cirúrgicas (enxertos de pele, por exemplo).

O tratamento do transtorno de escoriação é realizado com uso de medicamentos (psicofármacos), acompanhamento psiquiátrico, avaliação dermatológica e clínica (para descartar outras patologias) e Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC).

 

Para maiores informações consulte um especialista

CLÍNICA REVITALLE
Praça Oscar Thompson Filho 3221
Telefone: (44) 3622-4836
Umuarama - PR